03/07/2019

Como escolher uma corda para crossfit?

Corda de crossfit: como escolher a sua Speed Rope

Fonte: Rodolfo Gaioto, 2018.

Todo praticante de crossfit, independentemente dos seus objetivos ou motivações, tem suas ambições particulares. Para quem está começando, uma das grandes conquistas é deixar o Single Under para trás e realizar o Double Under, famoso salto duplo com a corda de crossfit. Mas afinal, o que há de diferente na Speed Rope?

Nas cordas tradicionais, utilizadas em academias de musculação ou em atividades recreativas como para crianças, a tecnologia não age a favor do praticante. Mais grossas, pesadas e com materiais mais simples, elas não giram com a velocidade necessária para a realização de um Double Under, podendo até mesmo enrolar durante os saltos.

A “Speed Rope”, nome dado à corda de crossfit por permitir saltos duplos (ou até mesmo triplos) seguidos e em pouco tempo, funciona justamente ao contrário. As marcas trabalham para que o atleta não seja influenciado negativamente pelo peso do equipamento, tornando o exercício o mais fluido possível.

Corda de crossfit: escolhendo sua Speed Rope

 

Modelo de corda para crossfit

Como falamos anteriormente, os modelos Speed Rope usam a tecnologia para promover a melhor performance possível. Uma corda de crossfit pode contar até três rolamentos em locais diferentes possibilitando o giro do cabo, na maioria das vezes de aço, ao redor do corpo.

As mais duráveis são aquelas em que o cabo de aço é revestido por nylon, de acordo com o site especializado BuyJumpRopes. O peso, comprimento e tamanho da manopla variam de pessoa para pessoa.

 

A minha Speed Rope

Como escolho o meu modelo? Essa escolha é totalmente pessoal, mas algumas dicas de realização do Double Under podem influenciar na escolha da sua corda de crossfit. Como o WOD News já contou antes, o exercício exige muito dos braços, por isso o peso é um fator determinante. Quanto mais pesada, mais seus membros irão fadigar.

Outro fator determinante é o tamanho. Quanto maior o comprimento, maior será o diâmetro e o tempo de um único giro. Porém quanto menor a sua corda de crossfit, maior será a chance de erros pois ela poderá se chocar com seus pés ou cabelo.

Por último, e não menos importante, é a questão do costume. Tendo a sua corda própria e exclusiva, você estará acostumado com o peso e velocidade do giro, além de ajustar o tamanho de acordo com o seu corpo. Utilizando a corda do seu box ou pegando emprestada de um colega você estará sempre num processo de adaptação.

 

Fonte: 

https://www.ativo.com/cross-training/treinamento-cross-training/corda-de-crossfit-speed-rope/